sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

População rompe adutora em cidade com colapso de abastecimento no RN

Um grupo de trabalhadores rurais - durante um protesto iniciado na manhã desta quinta-feira (29) - rompeu parte da tubulação de uma adutora de engate rápido que passa às margens da BR-405, na entrada da cidade de São Francisco do Oeste, na região do Alto Oeste potiguar. O município é um dos oito municípios do estado em colapso no abastecimento de água e um dos 152 em estado de calamidade por causa da seca.

Além do rompimento da tubulação, trabalhadores interditaram a pista com pneus e galhos de árvores incendiados (Foto: Chico Leite/G1)

Segundo o inspetor Aliathar Gibson, da Polícia Rodoviária Federal, os agricultores questionam a falta de um canal da referida adutora para o abastecimento no município. “A tubulação passa pelo município, mas não abastece a cidade”, explicou o inspetor.

Além do rompimento da tubulação, os trabalhadores interditaram a pista. Pneus e galhos de árvores foram incendiados, bloqueando a passagem de veículos. Ainda de acordo com o inspetor, uma equipe da Caern chegou ao local na tentativa de reparar a tubulação afetada.

Segundo a Caern, atualmente a cidade de São Francisco do Oeste está em colapso pela baixa no Açude São Gonçalo. Somente um poço é usado para fornecer água, mas este não tem capacidade suficiente para atender sozinho toda a população. Por isto, o faturamento permanece suspenso desde novembro de 2013, quando a cidade iniciou um sistema de rodízio. A complementação de água é feita pela prefeitura da cidade, que contrata o serviço de carros-pipa para atender os moradores.

G1/RN

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Luis Gomes/RN: veículo com quatro ocupantes capota na RN 073

Na tarde deste domingo(25), por volta das 16:00 horas, na RN 073, subida da serra de Luís Gomes/RN, um veículo tipo Hillux, cor preta, placa QFA 1437/PB, seguia sentido Luís Gomes quando o condutor perdeu o controle de direção e capotou.

De acordo com informações  o carro seguia com quatro ocupantes e sofreram escoriações leves pelo corpo.

A Polícia foi acionada mas quando os PM's chegaram ao local os ocupantes do veículo já haviam sidos socorridos, não sendo anotados dados dos ocupantes.

Nosso Paraná

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Meteorologistas reafirmam previsão de poucas chuvas para o Nordeste

Meteorologistas de todo o Nordeste, reunidos no XVII WorkShop Internacional de Avaliação Climática para o SemiÁrido Nordestino, em Fortaleza (CE), emitiram nota aumentando de 40% para 45% a probabilidade de serem registradas chuvas abaixo do normal na região este ano. A análise climática refere-se ao período de fevereiro a abril e apresenta ainda previsão de 35% de chuvas dentro do normal e apenas 20% acima da média.

Para as análises, os meteorologistas avaliam os resultados dos modelos elaborados por computador com a temperatura da superfície dos oceanos para os próximos meses. Segundo informações da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), os modelos mostraram tendência de diminuição do Fenômeno El Niño no Oceano Pacífico, resultando em regime de chuvas abaixo da média histórica para o período.
A Emparn enviou meteorologistas à reunião para apresentar aos demais pesquisadores dados referentes aos índices de chuvas ocorridas no Estado entre o mês de dezembro e início de janeiro de 2015. Também foram exibidos dados sobre a atual condição hídrica do Rio Grande do Norte, que passa por deficiência no armazenamento de água nos reservatórios do semiárido.

Segundo a Emparn, algumas regiões do Estado estão em situação próxima ao colapso no abastecimento e, alerta para o baixo volume de chuvas registrado no ano passado. Outro fator que preocupa é o fato de os maiores reservatórios do Rio Grande do Norte (Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, Santa Cruz e Umari) estão com volume de água entre 30% e 45% da capacidade.

Além do Rio Grande do Norte, os estados do Maranhão, Ceará, Pernambuco e Bahia também têm registrado baixo volume de chuvas. Especialistas em clima deverão se reunir mais uma última vez no próximo mês em Natal para discutir e analisar os indicativos climáticos para o período de março a maio deste ano.

O Mossoroense

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Governo sobe IOF sobre crédito, tributos na importação e combustíveis

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, anunciou nesta segunda-feira (19) aumento de tributos sobre combustíveis, sobre produtos importados e, também, sobre operações de crédito. A expectativa da equipe econômica é arrecadar R$ 20,6 bilhões neste ano com as alterações.

Essas medidas tendem a tornar o crédito ao consumidor mais caro e, caso a Petrobras não reduza o preço que cobra das distribuidoras, a gasolina e o diesel vão subir.

Segundo Levy, as medidas fazem parte do esforço do governo para ajustar as contas públicas "com o menor sacrifício possível". "As medidas têm por objetivo aumentar a confiança da economia, a disposição das pessoas e dos investidores em tomarem risco, e dos empresários em começarem a tentar novas coisas", explicou o ministro, acrescentando que elas tendem a baixar a curva de juros de longo prazo.

Desde que foi anunciada a nova equipe econômica, no fim de novembro, o governo vem anunciando medidas para ajustar as contas públicas, que tiveram forte deterioração em 2014 – ano em que a arrecadação registrou comportamento fraco, devido às desonerações e ao baixo ritmo de crescimento da economia, e no qual os gastos públicos continuaram a avançar.

G1

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

UERN divulga lista de aprovados no processo seletivo; confira

A Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN) divulgou nesta sexta-feira (16) o resultado do Processo Seletivo Vocacionado (PSV 2015). Clique e confira a lista dos aprovados.

Segundo o edital, o resultado estava previsto para ser divulgado no dia 23, mas foi adiantado.

A UERN ainda vai divulgar o edital com normas e prazos para a matrícula dos candidatos classificados no PSV 2015.

De acordo com a Universidade, ao todo 40% das vagas na instituição foram ofertadas por meio do Processo Seletivo Vocacionado. A partir do ano que vem, a forma de ingresso será apenas por meio da nota do Enem.

G1/RN